quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Momento de Reflexão

Esses dias estive observando as formigas. Derrepente por debaixo da mesa tinha um anel de lata de refrigerante melado por minúsculas moléculas do liquido gasoso, e uma formiga prendia suas presas nele e tentava de todas as formas arrasta-lo e carrega-lo para algum outro local. 
Rapidamente uma outra formiga que passava pelo local se ajuntou a primeira e juntas iam tentando levar o anel que não saía do lugar, vieram mais duas formigas e de formiga em formiga que chegava percebi que por volta da extremidade do corpo do anel estava rodeado por muitas formigas reunidas com um só objetivo: a locomoção do pequeno anel. Agora sim elas o movimentaram e em segundos atravessaram a mesa e a cadeira, a sua volta, e meus olhos a acompanhavam sempre.
Chegando à entrada do formigueiro outras vieram ao encontro para ver o que estava sendo levado e ajudar a entrada do anel pelo minúsculo buraco do formigueiro. Após alguns minutos de terem conseguido, formaram fila e novamente saiam juntas, ao encontro de outro alimento.
Realmente a união faz a força...
Visando por outro lado, com um olhar mais crítico comecei a analisar. Algo que para nós seria tão simples foi necessário várias formigas. Analisando mais profundamente é fácil perceber que se não ocorresse união aquele pequeno objeto jamais seria movido por uma única formiga que logo iria desistir.
Assim somos nós. Deveríamos aprender com as formigas a sermos mais unidos. Quantas vezes desistimos de sonhos por não ganharmos apoio dos outros? Quantas vezes desistimos de um simples objetivo que com harmonia seria fácil de ser alcançado? Quantas vezes problemas pessoais, conjugais, se tornam mais incompreensíveis e de impossíveis resoluções? Esquecendo-nos que com paciência, como aquelas formigas tiveram, rapidamente poderia ser resolvido...
Os pequenos insetos nos passam lições todos os dias que passam despercebidas em nossos olhos. Agem por instinto, mas nós somos seres racionais, sabemos pensar e necessitamos disso! Mas porque às vezes agimos sem pensar, sem analisar? Porque tomamos atitudes incorrigíveis e embaraçosas por falta de reflexão? A essas perguntas não sei a resposta, talvez ajam desta forma por simplesmente não sermos formigas.
O que é uma formiga perto de você? Em tamanho, simplesmente nada!Mas o que é o caráter de uma formiga perto do seu? O que é a sociedade de uma formiga perto da sua?
            As respostas a essas perguntas surgem de dentro de nós quando tiramos um momento para reflexão. A insipiência do homem o impede de agir, ser e sentir como uma simples formiga, que agem com solidariedade enquanto nós com egoísmo.
Por: Wesley Carlos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostaria de agradecer, por você ler e comentar nos artigos postado neste blog, pois escrevo com amor e fico feliz quando vejo um pedaço da Essência de vocês aqui em baixo. Quando você comenta me dá a direção a qual devo tomar, o que tenho que escrever e/ou esclarecer.
A Essência agora está em você: Comente!!
Obrigado.