quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

O Poder do Amor

Um simples “eu te amo” pode significar muito para os que estão tristes, angustiadas ou quando se sentem sozinhos, esquecidos. O “eu te amo” veio para animar, confortar, alegrar e inclusive demonstrar carinho, afeto, compreensão e o amor.

Existem inúmeros tipos e formas de amar: seja o amar chocolate (gostar); o amar o namorado (a) (paixão); o amar a vida (prazer); o amar seus pais (fraternidade); o amar seu cão (afeto); e o amar o amigo que reuni o GOSTAR um do outro, a PAIXÃO pela amizade, o PRAZER de está ao lado do amigo, a FRATERNIDADE por saber que sempre podemos confiar, como uma criança confia ao segurar nas mãos de seus pais, e por saber que pode sempre contar com eles, como sempre podemos com nossos pais, e o AFETO que gera compreensão, o carinho e por vezes que acaba com a dor.
Sem dúvidas esse é o maior sentimento.
Não é possível ter prazer pela vida e nem ela ser totalmente doce se não existissem os amigos. São sempre eles a quem recorremos nos momentos mais difíceis e sempre nos ouvem, são eles que nos fazem sorrir e chorar ao mesmo tempo sem motivo, são eles que nos confortam com palavras tão poéticas que nos tornamos fãs de seus pensamentos, nos incentivam a caminhar sempre em frente, lutar por nossos sonhos e nunca retroceder. É impossível viver sem amigos, pois é inexeqüível viver sem tudo isso.
Quando temos zelo, cuidado, simpatia, apreço e afeição estamos amando. O amar é suave, agradável, íntegro quando se tem sinceridade, que é o único sentimento incorruptível que une as pessoas, damos início à amizade e em consequência ao amor.
Com a sinceridade o amor torna-se ininterrupto, inolvidável. O amor só se tornará totalmente inócuo quando o “eu te amo” for dito não com tanta facilidade. Pois o que conquistamos com facilidade, é com a mesma facilidade que a perdemos. Mas o que conquistamos com dificuldade segue perseverante por toda a vida.
Um simples “eu te amo” pode trazer a uma pessoa um incansável prazer, mas também uma insuportável dor.
Perguntei-me se o amor acaba. Respondi-me que não. O amor apenas adormece para despertar ainda mais forte e ser vitorioso, pois este, é o único sentimento que tem o poder de conquistar a todos.
Só terá prazer em viver o que sabe amar.
E é impossível viver sem amor.
Por: Wesley Carlos

Um comentário:

  1. Que bom constatar que jovens como você
    estão empenhados em progredir e fazem da escrita algo sério e muito... muito útil.
    Parabéns, Wesley!!!

    Velha Professora
    de língua portuguesa
    e Coordenadora Pedagógica

    ResponderExcluir

Gostaria de agradecer, por você ler e comentar nos artigos postado neste blog, pois escrevo com amor e fico feliz quando vejo um pedaço da Essência de vocês aqui em baixo. Quando você comenta me dá a direção a qual devo tomar, o que tenho que escrever e/ou esclarecer.
A Essência agora está em você: Comente!!
Obrigado.